Qual é o verdadeiro orçamento da saúde no Brasil?

chargeSUS.-granaA Constituição Federal consagra SAÚDE como direito do Cidadão e dever do Estado, máxima amplamente conhecida e divulgada quase à exaustão. Como dever do Estado suas ações deveriam ser efetivadas por agentes do Estado, fato quase folclórico, em razão da verdadeira “colcha de retalhos” em que se transformou o setor. Curioso observar o fato incontestável de prevalecer conceitos como sendo a Saúde palco de gastos incomensuráveis, em paradoxo, a iniciativa privada não mede esforços para atuar ali sempre em maior escala.

Leia mais

DF registra terceira morte por dengue hemorrágica

Vítima estava internada na UTI do Hospital Anchieta, em Taguatinga. Moradora de Brazlândia, ela deu entrada com sintomas da dengue clássica

20160212121827977879iA dengue pode ter causado a terceira morte na capital federal este ano. A família de Erotides Dias da Costa, 61 anos, morador da zona rural de Brazlândia, afirma que o homem morreu em decorrência de complicações da forma hemorrágica da infecção. Nas redes sociais, o filho, Evandro Mendes e a nora, Cidalina Cardoso, compartilharam mensagens lamentando a perda do parente.

Erotides era servidor público aposentado e estava internado há dois dias na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Anchieta, em Taguatinga Sul. Segundo familiares, ele teve uma parada cardíaca na madrugada desta sexta-feira (12/2) e a equipe médica não conseguiu reanimá-lo.

Leia mais

Governo quer que a mobilização contra Zika tenha repercussão nacional

Zika vírusO governo federal quer fazer com que a mobilização nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, no próximo sábado (13), seja também uma “medida de impacto” e tenha repercussão em todo o país. O objetivo é fazer com que a sociedade se sensibilize com o tema e ajude a eliminar os criadouros do inseto transmissor do vírus Zika.

Após coordenar, hoje (11), mais um encontro preparatório para o chamado Dia da Faxina, o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, ligou para o vice-presidente Michel Temer, convidando-o a participar das mobilizações. Desde a semana passada, todos os ministros do governo foram convocados pela presidenta Dilma Rousseff para viajar a capitais e cidades de grande porte.

Leia mais

Mulher morre com suspeita de dengue hemorrágica no DF

“Moradora de Brazlândia desenvolveu anemia severa; ela tinha 45 anos. Saúde espera resultado de exames para confirmar dengue hemorrágica”.

Dengue-aplicativo-paulista301215f1Uma moradora de Brazlândia 45 anos morreu na manhã desta segunda-feira (8) após desenvolver um quadro de anemia severa. A suspeita é de que ela estivesse com dengue hemorrágica. Por nota, a Secretaria de Saúde informou que a paciente foi atendida no Hospital Regional de Brazlândia na última sexta-feira e encaminhada para a UTI neste sábado.

Leia mais

Paulo Feitosa e Renato Lima, inimigos?

Exclusivo!

??????????????

Em pleno sábado (06/02) de carnaval, quando milhares de pessoas estão se divertindo, em algum lugar da cidade, foi flagrado em um encontro casual, dois personagens importantes da área de saúde do DF, que conversavam animadamente. O blog Agenda Capital recebeu de uma fonte que prefere não se identificar, registros fotográficos desse encontro.

Leia mais

Por causa de zika, cientistas pedem cancelamento dos jogos olímpicos no Brasil

“Quem vai ao Rio de Janeiro no meio dessa epidemia do zika vírus?”, escreveram os norte-americanos em uma coluna na revista Forbes.

rio_zika

Além da saúde, o vírus zika pode comprometer até os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Nesta quarta (3), os cientistas norte-americanos Arthur Caplan e Lee Igel publicaram uma coluna na revista Forbes pedindo o cancelamento dos jogos. Segundo eles, a realização das Olimpíadas seria um ato de “irresponsabilidade”.

“Quem vai ao Rio no meio dessa epidemia do zika vírus? Não as mulheres jovens, que podem engravidar e correr o risco de ter um bebê com deficiência. Não um homem com uma vida sexual ativa, que pode correr o risco de transmitir a doença para sua parceira. Talvez apenas os atletas, técnicos e outros membros das delegações dos países irão viajar ao Rio”, escrevem.

Na segunda (1º), a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a microcefalia como uma emergência internacional e recomendou  que os governos de todo o mundo adotem uma política de vigilância máxima.

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse que não há a possibilidade de cancelarem as Olimpíadas do Rio em agosto devido à gravidade do problema.  “A mobilização não é por conta das Olimpíadas. É por conta de um problema grave de saúde pública”, enfatizou.

Fonte: Redação do Jornal de Brasília

Estudo analisa possível relação entre o zika vírus e microcefalia

sn-mosquitoes_2Desde os primeiros relatos do aumento expressivo de número de crianças nascidas com microcefalia no Brasil, o Ministério da Saúde estabeleceu
uma força-tarefa para investigar a possível associação dos casos com o zika vírus.

Com o objetivo de fazer uma análise mais completa das características desta anomalia neurológica causada pelo vírus, um artigo coordenado por uma força-tarefa da Sociedade Brasileira de Genética Médica e publicado no semanário do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) reuniu 37 casos de microcefalia registrados durante a investigação, cujo resultado mostrou que de 35 bebês, 25 foram diagnosticados com microcefalia severa e dentre as mães, 26 relataram histórico de manchas vermelhas no corpo durante o primeiro ou segundo trimestre de gestação. O estudo é assinado por pesquisadores de diversas instituições brasileiras, seis deles do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz): Dafne Horovitz, Marcos Pone, Cynthia Pacheco, Claudia Neves, Sheila Pone e Patricia Correia.

Leia mais

A judicialização da saúde

Os litígios ou judicialização da saúde no Brasil começaram na década de 1990, por conta da reivindicação de fornecimento de medicamentos principalmente em relação ao combate ao HIV. O argumento utilizado é a garantia constitucional de direito à saúde para todo e qualquer cidadão, por parte do Estado.

O resultado positivo na liberação daqueles medicamentos, alcançado naqueles tempos, foi um estímulo para que os mesmos princípios fossem aplicados a outras enfermidades.

Leia mais