Corrida ao Buriti: Veja o ‘dream team’ do governador Rodrigo Rollemberg

Rodrigo Rollemberg, Ronaldo Fonseca, Maria de Lourdes Abadia e Chico Leite

Por Delmo Menezes

Em virtude de algumas matérias que o Agenda Capital tem publicado a respeito da chapa dos sonhos de pré-candidatos ao GDF, alguns leitores assíduos procuraram a redação, para saber nossa opinião a respeito do”Dream Team” do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), para as eleições de outubro.

Aí vai nossa sugestão para a chapa majoritária, considerando o atual cenário político, e os nomes mais alinhados com o Buriti:

Governador – Rodrigo Rollemberg (PSB);

Vice-governador – Maria de Lourdes Abadia (PSDB);

1º Senador – Ronaldo Fonseca (PROS);

2º Senador – Chico Leite (Rede).

Algumas considerações a fazer:

Rollemberg – Apesar da alta rejeição, tem a seu favor a briga de egos dos pretensos candidatos de centro-direita. Lá com algumas exceções, existem muitos caciques para poucos índios. O lançamento de várias pré-candidaturas, coloca Rollemberg em condições de ir para o segundo turno;

Maria Abadia – Está afastada há algum tempo de cargos importantes no executivo. Voltou agora para a cena política a convite de Rollemberg. Tem como ponto negativo o fato de ter contribuído para o racha dentro do PSDB. No último pleito em 2014, obteve 37.776 votos (2.60%) para deputada federal. Não é considerada uma puxadora de votos;

Ronaldo Fonseca – Considerado um nome muito forte, capaz de atrair a maioria do segmento evangélico que hoje, segundo dados da Codeplan, representa quase 35% da população do DF. Além disso, tem a seu favor o fato de ser ficha limpa. Caso volte atrás em sua decisão e pretenda disputar o pleito, será um nome decisivo nesta chapa, se não vier outro nome de centro-direita do segmento evangélico;

Chico Leite – Já foi petista, e hoje representa o partido de Marina Silva no DF. É considerado por seus pares, como um deputado atuante, porém nunca foi testado em cargos majoritários. Ainda é uma incógnita.

Muitas movimentações irão acontecer nos próximos dias. É prudente aguardamos para ver o que acontece. O certo mesmo, é que “muita água ainda vai rolar por debaixo desta ponte”!

Da Redação do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here