Detran-DF comemora 22 anos da Lei da faixa de pedestre

Foto: Reprodução

Por Redação

Há 22 anos, os brasilienses decidiram construir uma história de civilidade e valorização da vida.  De autoria do ex-governador Cristovam Buarque, a lei que torna obrigatório motoristas pararem na faixa de pedestre, se tornou referência nacional em educação no trânsito. A ousadia concretizou-se e fez valer o direito do cidadão.

A iniciativa de 1997 deu à Capital Federal destaque nacional de civilidade no trânsito. No ano anterior à implantação da sinalização, foram registradas 266 mortes de pedestres no trânsito do DF. Em 1997, esse número caiu para 202 pedestres mortos e, em 2018, para 105 óbitos. Se comparado a 1996, o ano passado registrou uma queda de 60,5% no quantitativo de pedestres vítimas fatais.

Apesar do crescimento da frota de veículos registrados no DF, que em 1996 era de cerca de 470 mil veículos, e em dezembro de 2018 chegou a 1.773.295 veículos, os dados indicam uma diminuição acentuada no número de óbitos de pedestres. E pode se afirmar que, nos últimos 21 anos, 1.331 vidas de pedestres foram preservadas no trânsito do DF.

É bacana a gente ver que o tempo passou, nós temos uma nova geração, e essa cultura foi continuada”, relata Silvain Fonseca, diretor-geral interino do Detran-DF

De acordo com a Gerência de Estatística do Departamento de Trânsito do Distrito Federal, em 2018, ocorreram duas mortes de pedestres em faixas não semaforizadas, 60% a menos que em 2017, quando se registrou cinco óbitos.  No ano de implantação da sinalização, também foram duas vítimas fatais. Segundo dados do Detran-DF, o ano de 2009 foi o que registrou o maior quantitativo de vítimas na faixa de travessia, 11 óbitos. Em 2019, ocorreu uma morte em faixa de pedestre.

Atualmente, a cidade possui mais de cinco mil faixas de pedestres não semaforizadas. Segundo o diretor-geral do Detran-DF, Fabrício Moura, a manutenção da sinalização, campanhas educativas e o apoio da fiscalização têm contribuído para que o DF continue dando o bom exemplo. “Neste ano, intensificamos as ações de conservação da sinalização e de educação de trânsito, além disso, criamos o projeto Segurança na Faixa, que garante a presença de agentes da fiscalização em locais de grande fluxo de pedestres”, ressalta.

Ações educativas

Em comemoração aos 21 anos de respeito ao pedestre na faixa, a Diretoria de Educação do Detran-DF promoverá ações de conscientização em faixas de pedestres do Plano Piloto, Samambaia, Gama, Taguatinga, Santa Maria e Ceilândia. Confira a programação:

Da Redação com informações do Detran

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here