Entrevista: Izalci diz que sua candidatura ao Buriti é fato consumado

Deputado Federal Izalci Lucas (PSDB). Foto: Reprodução.

Por Delmo Menezes

Em entrevista concedida nesta quarta-feira (10) ao Agenda Capital, o deputado federal Izalci Lucas (PSDB), confirmou que pretende manter a sua pré-candidatura ao Governo do Distrito Federal, até o fim. Izalci ressaltou, entretanto, que vai submeter seu nome às pesquisas, e dependendo do resultado, pretende compor com outras lideranças que estiverem melhor posicionadas, e declarou que seu nome irá crescer muito a partir do próximo mês.

Izalci faz duras críticas ao governo Rollemberg, afirmando que ele não reúne as mínimas condições para estar à frente do Executivo, e que não tem perfil de gestor.

Leia a entrevista na íntegra:

AC – Como o senhor avalia as recentes nomeações de membros do quadro do PSDB, ao GDF?

Izalci – Isso é uma forma que o governo Rollemberg está fazendo no sentido de cooptar o partido e com dinheiro público que eu denunciei inclusive na televisão. Quando se cria uma secretaria estritamente para cooptar pessoas do partido, é utilização do dinheiro público. Ele inclusive nomeou recentemente gente do meu gabinete, sem nossa autorização. O governador está desesperado, perdeu o apoio de vários partidos e está tentando cooptar de diversas formas. Demos um prazo de 30 dias para que as pessoas que são filiadas ao PSDB se afastem do governo, ou se licenciem do partido. Caso contrário, terão que responder no Conselho de Ética de acordo com o Estatuto.

AC – O senhor pretende manter sua candidatura ao GDF?

Izalci – Com certeza, irei até o fim, isto é fato consumado. Minha pré-candidatura está mais fortalecida ainda. O desespero do governador com nossa candidatura, é sinal que está preocupado com nosso crescimento. A cada dia estamos mais empolgados e trabalhando cada vez mais.

AC – O PSDB sempre foi um partido acessório no DF. Foi assim com Roriz, Arruda, Rosso e Rollemberg. Não chegou a hora de ser protagonista?

Izalci – Exatamente, passou da hora. Nós já devíamos ter feito isso. Para você ter ideia, em 1998 foi a primeira disputa que fiz para distrital pelo PSDB. O partido tinha candidatura ao GDF. O nosso líder de governo na época era o Arruda, que era o nosso candidato oficial, e o partido apoiou o Roriz, mesmo tendo candidato próprio. Então isso passou, agora nós estamos fazendo isso. Nós já temos montado quase 500 núcleos de base do partido em todas as cidades. Estamos criando o PSDB mulher em cada cidade, o PSDB jovem, e os núcleos por área. Estamos estruturando o partido para lançarmos candidatos à Presidência da República e ao governo do DF.

AC – Como o senhor avalia a gestão do governo Rollemberg nesses 03 anos?

Izalci – A gestão do governador é totalmente amadora, totalmente analógica. A resposta disso vem pela rejeição de acordo com as pesquisas. Brasília nunca teve um governo tão ruim como esse. As coisas mais simples como o corte do mato alto na cidade, não está sendo realizado. O contrato com a empresa está vencido há 03 anos, e só foram verificar agora. Por que não verificaram logo no início do governo? Brasília que é a capital da esperança, está perdendo a esperança, porque não tem emprego. A saúde, educação e segurança não funcionam. Vamos ter muito trabalho para recuperar o DF.

AC – Na esfera nacional, o PSDB vai lançar candidatura própria ou pretende apoiar o candidato indicado por Temer?

Izalci – O candidato do PSDB à Presidência da República já está definido e será o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Da Redação do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here