FREJAT: “O objetivo é compor para fazer um governo de coalizão”

Dr. Jofran Frejat. Foto: Agenda Capital

Por Helena Mader / CB

O pré-candidato do PR ao Palácio do Buriti, Jofran Frejat, foi o entrevistado desta segunda-feira (11/06) no programa CB.Poder. Durante a conversa, transmitida ao vivo pela TV Brasília e pelo Facebook do Correio Braziliense, o ex-secretário de Saúde falou sobre o desafio de atrair e acomodar aliados na formação da chapa. Para Frejat, a pulverização de candidaturas de direita será negativa.

“Se começar a dividir e a apresentar vários candidatos, a tendência é haver segundo turno. No segundo turno, fatalmente haverá negociação. Quem tiver a caneta e o poder na mão vai ter uma facilidade muito maior de negociar do que quem estiver fora”, argumentou. Frejat tenta atrair para a sua coligação outros pré-candidatos ao governo, como Eliana Pedrosa (Pros), Alírio Neto (PTB) e Izalci (PSDB).

Jofran Frejat também falou sobre o desafio de atrair o PDT para seu grupo político. Deputados distritais do partido querem se juntar a Frejat. Mas o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, declarou na semana passada que uma união com o PSB do governador Rodrigo Rollemberg é o centro da estratégia nacional. “Eles (PDT) precisam dizer ‘eu quero participar, eu quero entrar’. Porque se não for assim, não tem como avançar nas conversas”, argumentou.

“O objetivo é compor para fazer um governo de coalizão, com todo mundo discutindo. Ao invés de ficar fatiando e negociando, a ideia é a gente ter apoio na Câmara Legislativa, na Câmara Federal e no próprio Senado de gente que esteja compondo porque Brasília não aguenta mais esse tipo de separação”, finalizou.

Da Redação com informações do CB.Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here