Contratos para início das obras foram assinados hoje (17). Governo investe R$ 27,1 milhões na iniciativa e destina R$ 7 milhões para compra de novos equipamentos

Por Redação 

Mais sete novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) vão reforçar os trabalhos da rede pública de saúde e devem ser entregues à população até o final deste ano. A novidade foi anunciada nessa terça-feira (17), após assinatura dos contratos com três empreiteiras que vão tocar as obras. O governo vai investir cerca de R$ 20,1 milhões nas construções.

“Não podemos parar. Vamos tocar essas obras logo para desafogar os serviços de saúde em pontos estratégicos importantes”, determinou o governador Ibaneis Rocha. De acordo com o Instituto de Gestão Estratégia de Saúde (Iges-DF), as novas Upas serão construídas no Paranoá Parque, Brazlândia, Riacho Fundo II, Gama, Ceilândia, Vicente Pires e Planaltina.

“Existe um vazio existencial no atendimento de alguns pontos. Brazlândia, por exemplo, só tem um hospital e os casos emergenciais acabam sobrecarregando a UPA de Ceilândia”, explica. Com a nova UPA, ele acredita na melhoria significativa dos serviços na região. “Vamos desafogar o atendimento inclusive em outras regiões e, pontecializar o atendimento emergencial na cidade”, previu o secretário de Saúde em exercício, Francisco Araújo.

Cada unidade terá capacidade de atendimento de 4,5 mil pessoas por mês. Serão mais 42 leitos de observação, 14 de emergência e 7 isolamentos. Segundo o secretário de saúde, o governo já concluiu também os projetos de compra de equipamentos e contratação de pessoal. “Assim, que as obras finalizarem, poderemos convocar os profissionais para atuarem”, afirmou.

Cada UPA contará com 2 a 3 médicos durante o dia e a noite. São aproximadamente 1,2 mil metros quadrados de área construída. O espaço contempla uma área para classificação de risco e primeiro atendimento; três consultórios; duas salas de urgência; seis de observação e um de isolamento. Também há espaço destinado para nove poltronas de medicação, reidratação e inalação.

Além dos valores das construções, o governo também vai investir cerca de R$ 7 milhões em equipamentos médicos-hospitalares. “Todos os processos para aquisição dos materiais já estão prontos”, precisou Francisco. Segundo ele, a licitação deve ser feita em breve e todos os recursos estão garantidos. O legislativo local também comemorou o início das obras de construção das UPAS.

“Hoje é um dia de muita alegria. Esse projeto passou pela Câmara Legislativa e agora a gente pode ver o fruto do nosso trabalho se concretizar, atendendo a população na área de saúde, um dos grandes gargalos do DF”, disse o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Rafael Prudente.

Além do parlamentar também estiveram presentes à cerimônia de assinatura dos contratos com as construtoras: o vice-governador Pacco Brito; o secretário de Governo, José Humberto Pires; o secretário de comunicação, Weligton Moraes; e o servidores do Iges-DF.

Início das obras

As empreiteiras se comprometeram com o governo de iniciar as obras até a próxima semana. “Uma média aproximada, sem qualquer imprevisto, é de oito meses para concluirmos a obra”, precisa Tereza Cristina Cavalcanti, representante de uma das três empresas, que ganharam a licitação. Segundo ela, as construtoras estão preparadas para tocarem as obras mesmo com a ameaça do coronavírus. “Estamos tomando todas as precauções e fazemos alertas sobre os cuidados com todos nossos funcionários”, destaca.

No canteiro de obras, ela afirma, os trabalhadores estão informados da importância da precaução. “A cidade não pode parar. Estamos todos trabalhando, mas claro com os cuidados que toda a população precisa ter”, conclui.

Confira os endereços das novas UPAs:

1. Vila São José, Q 37, AE 1, Posto de Saúde, Brazlândia;

2. Paranoá Parque Q ½ Comercial 1 AE 4 EPC, Paranoá;

3. Setor de Indústria QI 7, Área Reservada 2, Gama;

4. Expansão do Setor O, QNO 21, AE D, Ceilândia;

5. Rua 10 Qd 4D Chácara 135, Vicente Pires;

6. QN 31 Conjunto 3 Lote 1, Riacho Fundo II;

7. Setor Habitacional Mestre D’armas, Q 23 MD 2 Lt 1, Planaltina.

Com informações da Ag. Brasília 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here