GDF dá posse a 399 servidores da Saúde

Tatiana de Souza, de 36 anos, teve o termo de posse assinado pelo governador Rollemberg. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Por Redação

Em solenidade na tarde desta quarta (22), o governador Rodrigo Rollemberg deu posse a 399 servidores da área da saúde. A cirurgiã-dentista da Secretaria de Saúde, Tatiana Souza, de 36 anos, conta que as emoções variaram enquanto não era chamada para o cargo desde que foi aprovada no concurso, em 2014.

“Fui da euforia, quando descobri que tinha passado, até a calma de vir tomar posse. Esse é mais um passo importante para assumir”, disse a nova servidora.

Tatiana é um dos 140 nomeados para a Saúde que tomaram posse em cerimônia na tarde desta quarta-feira (22), no auditório da Imprensa Nacional, no Setor de Indústrias Gráficas.

Representante dos colegas cirurgiões-dentistas, ela recebeu o documento de posse diretamente das mãos do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

“Quando assumimos o governo, Brasília tinha ultrapassado os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal [LRF]. Isso nos obrigava a contratar apenas em casos de morte ou de aposentadoria para saúde, educação e segurança”, lembrou o governador na solenidade.

Rollemberg destacou também o que considerou outra vitória nesta semana para o atendimento na área de saúde: o entendimento do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios de que a criação do Instituto Hospital de Base do DF é constitucional.

A decisão foi unânime entre os 20 desembargadores, em sessão do Conselho Especial nessa terça (21).

O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, ressaltou a importância da contratação dos médicos de família, uma das especialidades empossadas hoje.

“Temos um projeto para aprimorar a atenção primária. O modelo tradicional foi útil para Brasília, mas hoje é ultrapassado, e esses cargos são fundamentais para essa mudança.”

De manhã, outros 259 servidores já haviam tomado posse diretamente na secretaria.

Com os desta tarde, eles fazem parte dos 513 nomeados:

  • 269 técnicos de enfermagem
  • 70 médicos de família
  • 39 cirurgiões-dentistas
  • 39 técnicos de higiene dental
  • 28 clínicos gerais
  • 15 assistentes sociais
  • 14 psicólogos
  • 12 biomédicos
  • 11 técnicos administrativos
  • 8 técnicos de laboratório de patologias
  • 6 terapeutas ocupacionais
  • 2 fisioterapeutas

Da Redação com informações da Ag. Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here