Ibaneis entrega 48 novas viaturas ao Corpo de Bombeiros do DF

Veículos serão utilizados no combate a incêndios florestais e no resgate em atendimento pré-hospitalar

Por Redação

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) ganhou, nesta quinta-feira (13/6), novas viaturas para atendimento operacional. A corporação recebeu 48 veículos que serão empregados no combate a incêndios florestais e no resgate em atendimento pré-hospitalar.

Na cerimônia, foram entregues 24 viaturas da marca Toyota, que serão destinadas ao combate dos incêndios. Os bombeiros também foram abastecidos com 24 veículos da marca Mercedes para resgate em atendimento pré-hospitalar. O governador Ibaneis Rocha fez a entrega simbólica das chaves das viaturas ao comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Emilson Ferreira dos Santos, e aproveitou para elogiar a atuação dos profissionais.

“Tenho muito orgulho do trabalho que vocês desenvolvem em todo o país. A primeira coisa que faço é agradecer pelo serviço que vocês prestam à comunidade, seja na prevenção ou atendimento”, disse o chefe do Executivo.

Acompanhado do vice-governador do DF, Paco Britto, Ibaneis destacou que, em breve, aumentará o efetivo de militares aprovados em concurso público. “Sempre que houver a menor folga orçamentária nós faremos as contratações. No caso dos bombeiros, estamos agendando a data, provavelmente para julho”, reforçou.

Comandante-geral do CBMDF, Carlos Emilson retribuiu o gesto de Ibaneis. “Gostaria de agradecer o governador Ibaneis Rocha e ao vice Paco Britto, que estão aumentando nossa frota e nosso poderio para darmos resposta à sociedade. A entrega dessas viaturas vai ao encontro de nossas necessidades”, pontuou Emilson.

O secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, também discursou durante a cerimônia. Ele lembrou que as “viaturas representam salvar vidas” e em cada uma delas os bombeiros vão poder realizar o trabalho que lhe “dá orgulho da corporação”.

Preocupação com a seca

No início de junho, o governador Ibaneis Rocha declarou estado de emergência ambiental no Distrito Federal por meio do Decreto 39.817/2019. O texto recomenda que todos os órgãos do governo fiquem em alerta de prevenção e combate a incêndios florestais no período da seca. A medida vale até novembro, mês que oficialmente retoma a fase de chuvas mais intensas e frequentes na região.

“Temos preocupação muito grande porque, em que pese as chuvas terem se estendido, a seca chegou com muita força e daqui a pouco começam as queimadas. Vem em boa hora esse auxílio das novas viaturas”, ressaltou Ibaneis.

Da Redação com informações da Ag. Bsa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here