Ibaneis sanciona nesta quarta (11) PL que cria a Secretaria da Pessoa com Deficiência e nomeia o deputado Iolando como secretário da pasta

Deputado distrital Iolando, futuro secretário da Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEDEPE). Foto: Delmo Menezes / Agenda Capital

Por Delmo Menezes

O governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), sanciona nesta quarta-feira (11) às 10h30, no Salão Branco do Palácio do Buriti, o Projeto de Lei aprovado na Câmara Legislativa do DF (CLDF), que cria a Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEPEDE). Esta é a primeira Secretaria a ser criada no DF especializada neste tema e a quarta do país.

A criação da pasta é uma conquista do deputado distrital Iolando (PSC), que desde que assumiu seu mandato, tem lutado junto ao Poder Executivo pela criação da Secretaria. As causas das pessoas com deficiência é uma das principais bandeiras do parlamentar, que é portador de necessidades especiais.

O governador Ibaneis Rocha, sanciona nesta quarta (11), Projeto de Lei que cria a Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEDEPE).Foto: Reprodução

De acordo com Ibaneis, “a criação da Secretaria da Pessoa com Deficiência, será um ganho para o Distrito Federal. O secretário Iolando vai buscar recursos de programas que já existem no Governo Federal para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência”, ressaltou.

Segundo o chefe do Executivo local, Brasília tem cerca de 20% da população possuindo algum tipo de deficiência e, por isso a pasta possibilitará ações específicas para essas pessoas. “Temos que ter um olhar diferenciado, como programas habitacionais, medidas na área da educação, saúde e segurança. É uma secretaria de humanidade, de carinho e de aproximação”, pontuou.

Segundo o deputado Iolando, “a criação da Secretaria da Pessoa Com Deficiência (SEPEDE) é uma necessidade extrema para o Distrito Federal, pois somos mais de 650 mil pessoas com deficiência em Brasília, e mais de 45 milhões em todo o Brasil”, disse.

Ainda de acordo com Iolando, a criação desta Secretaria é uma luta antiga, que vem desde a criação da Câmara Legislativa do DF em 1990, pauta esta que temos reivindicado. Segundo o parlamentar que é da base governista, “o governador Ibaneis está fazendo história em sancionar este Projeto de Lei. Vai dar um resultado positivo para o Distrito Federal, na área da acessibilidade, na área da habitação, e nas políticas públicas que estão desassistidas para o nosso público”, finalizou.

Da Redação do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here