Oportunidade: Hospital Águas Claras seleciona profissionais da saúde até o fim de agosto

Foto: Reprodução

Complexo de serviços em saúde será inaugurado no primeiro trimestre do ano que vem e pretende ser referência na região sul do DF

Por Redação

O Hospital Águas Claras, que será inaugurado no primeiro trimestre no ano que vem pela Rede Ímpar, está com processo seletivo aberto até 30 de agosto.

As vagas são para profissionais da saúde como, por exemplo, psicólogos, nutricionistas, enfermeiros, técnicos em enfermagem, auxiliares de farmácia e técnicos de radiologia, e também para cargos de apoio administrativo, como camareiras, concierges e copeiras. No momento, não há vagas disponíveis para médicos.

O complexo hospitalar, que será referência para toda a região sul do Distrito Federal, deve gerar pelo menos 3 mil empregos diretos e indiretos. “Os profissionais passarão por processos de qualificação e treinamento, pois o objetivo é proporcionar a melhor experiência possível aos pacientes”, informou a diretora-geral do Hospital Águas Claras, a médica Regina Duarte.

A rede Ímpar, que administra o Hospital Brasília, a Maternidade Brasília e possui unidades de saúde em São Paulo e no Rio de Janeiro, está investindo R$ 300 milhões para construir e equipar o novo empreendimento.

O objetivo é que o centro clínico seja referência na rede particular de saúde para a parte sul do Distrito Federal. Além de Águas Claras, a região inclui Taguatinga, Samambaia, Ceilândia e Riacho Fundo. “Detectamos que havia uma carência grande por serviços médicos nesta região e resolvemos construir um hospital com padrão de qualidade internacional” afirma a diretora-geral do hospital.

O complexo hospitalar terá 38 mil metros quadrados de área construída e capacidade para fazer 20 mil atendimentos por mês, com serviços de várias especialidades clínicas, incluindo pediatria, oncologia, cardiologia e ortopedia.

O hospital também terá um pronto-socorro com funcionamento 24 horas, 267 leitos disponíveis para a internação – sendo 70 deles de cuidado intensivo, e 120 consultórios clínicos. A expectativa dos gestores é que o hospital atenda aos mesmos convênios que hoje são aceitos no Hospital Brasília e na Maternidade Brasília.

O Distrito Federal vive um momento de crescimento no mercado de saúde privada. Em fevereiro, o grupo Sírio Libanês inaugurou sua primeira unidade fora de São Paulo, na Asa Sul. Em seguida, a Asa Norte ganhou um hospital 24 horas na L2, o Albert Sabin e, em junho, a Rede D´Or abriu um hospital de alto padrão na Asa Sul, o DF Star.

Os profissionais interessados em preencher as vagas disponíveis devem entrar no site da Rede Ímpar e buscar a aba Trabalhe Conosco.

Da Redação com informações do Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here