Paula Belmonte no lançamento de sua candidatura a deputada federal. Foto: Agenda Capital

Por Delmo Menezes

As últimas pesquisas eleitorais bagunçaram os diversos prognósticos dos chamados entendidos na política. Há tempos, candidatos até então desconhecidos do eleitorado, e que jamais participaram de uma eleição, pontuam bem nas diversas pesquisas de intenção de voto nesta reta final de campanha.

No Distrito Federal, temos um caso típico de “outsider”, que é Ibaneis Rocha (MDB), candidato ao Palácio do Buriti. Há trinta dias atrás, Ibaneis estava com 1,7% nos diversos levantamentos dos institutos. Hoje aparece em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de voto, com chances até de ganhar no primeiro turno ao governo do DF.

Na disputa à Câmara dos Deputados, a candidata Paula Belmonte (PPS), pontua entre os primeiros colocados nas pesquisas. Assim como Ibaneis, a candidata é neófita na política. Paula é mãe de seis filhos, casada com o advogado Luís Felipe Belmonte, administradora e empresária de sucesso. A empresária acredita que a boa política transforma uma sociedade. Para ela, a educação é o único meio de mudar a vida das pessoas. “Vivemos em um país desigual, onde faltam oportunidades para todos”, disse.

A candidata do PPS afirma caso seja eleita, que vai abrir mão de todos os privilégios políticos aos quais tenha direito. Para ela, não é condizente um político ganhar um salário alto e ter vários privilégios como auxílio moradia, sendo que o povo tem muitas necessidades. “Não está de acordo com a realidade que o país atravessa. Nenhum país sério paga o que nossos políticos recebem. Terei um perfil de fiscalização”, afirma a candidata.

Questionado pelo Agenda Capital, como é ser novata na política e pontuando bem nas pesquisas, a candidata Paula Belmonte ressaltou que isso mostra o reflexo da população. “O povo quer mudança. E tenho feito um discurso em que as pessoas até se assustam. Eu explico o poder do voto, da transformação, e acima de tudo, eu mostro como a corrupção é cruel”, concluiu.

Da Redação do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here