Prosa: Hora de mudar a política

Hora de mudar a política. Imagem: Reprodução

Por Miguel Lucena (Miguezim de Princesa)

I

O Brasil é o país da mentirada:

Tem o SUS, que se diz universal,

Deixa o povo morrer passando mal,

Os bilhões vão embora na enxurrada

Dos desvios que se fazem na estrada

No afano mais vil e indecente;

O eleitor que se vende facilmente

É o grande fiador da bandalheira:

SE MUDAR A POLÍTICA BRASILEIRA,

O BRASIL TOMA UM RUMO DIFERENTE.

II

Senadores buchudos, carcomidos,

Deputados fatiando o orçamento,

E o povo no rabo do jumento,

Aceitando a esmola dos bandidos

Que enganam cordões de desvalidos

Com propostas de pão e aguardente,

Uma bolsa que vicia a nossa gente,

Entretida com tanta pasmaceira:

SE MUDAR A POLÍTICA BRASILEIRA,

O BRASIL TOMA UM RUMO DIFERENTE.

III

Se os corruptos ficarem na cadeia

E não forem libertados por Gilmar,

Se o crime afinal não compensar

Quando virem que a coisa ficou feia,

A riqueza construída à custa alheia

Confiscada de forma inclemente,

Quando um dia chegar pra nossa gente

A Justiça mais justa e verdadeira,

SE MUDAR A POLÍTICA BRASILEIRA,

O BRASIL TOMA UM RUMO DIFERENTE.

IV

Educação, Saúde e Segurança

Vão no ralo da vil corrupção,

É muito triste o governo de uma Nação

Que abandona nas ruas tanta criança

E assim perpetua a injusta herança

De uma sociedade impenitente,

Que faz da hipocrisia sorridente

A sua marca cruel como uma caveira:

SE MUDAR A POLÍTICA BRASILEIRA,

O BRASIL TOMA UM RUMO DIFERENTE.

V

É difícil aceitar a mordomia

Como auxílio-paletó a magistrado,

Promotor, senador e deputado,

E ainda o auxílio-moradia

Para quem tem mansão, é covardia

Com quem vive uma vida indecente,

Sem emprego, sem casa, indigente,

Sem dinheiro sequer pra fazer feira:

SE MUDAR A POLÍTICA BRASILEIRA,

O BRASIL TOMA UM RUMO DIFERENTE.

 *Miguel Lucena é Delegado de Polícia Civil do DF, jornalista, escritor e colunista do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here