Em reunião nesta manhã, representantes do governo definiram novas datas para a abertura de salões de beleza, academias, bares e restaurantes

Por Redação*

Representantes do governo discutiram, na manhã desta quarta-feira (1º/7), datas para reabertura de atividades no DF. A previsão é que até 8 de julho as academias e salões de beleza tenham autorização para voltarem a funcionar. Uma fonte do alto escalão antecipou ao Correio o calendário de rabertura. No dia 15 de julho será a vez de bares e restaurantes, com proibição de música ao vivo nos estabelecimentos.

Também foi discutido o possível retorno no setor da educação: dia 27 de julho para escolas privadas e 3 de agosto para as escolas públicas, iniciando com as turmas de alunos mais velhos. O retorno de creches, eventos e competições esportivas ficaram para meados de agosto, ainda sem data prevista. 

Entre os líderes presentes estavam o chefe da Casa Civil, além dos secretário de educação, esportes, saúde e mobilidade. O decreto será elaborado e divulgado ainda esta semana.

Nesta terça-feira, o governador Ibaneis Rocha (MDB) já havia afirmado que iria tomar todas as medidas necessárias para a reabertura das atividades. Em entrevista ao Correio, o chefe do Executivo informou que a previsão era de que no início de agosto os outros setores voltassem a funcionar, após avaliar que a adesão ao isolamento social na capital caiu. 

“Então, é melhor a gente fazer um cronograma, fazer com responsabilidade, fazer baseado em leitos de saúde. Fazer tudo isso de forma que a gente possa ter condições efetivas de fiscalização. Vamos buscar todas as medidas necessárias à reabertura”, afirmou Ibaneis.

*Com informações do Correio 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here