Saúde fecha acordo com a InterSystems fabricante do Trackcare para recuperar o sistema

Previsão é que o monitoramento dos prontuários e outras informações voltem a funcionar ainda nesta quarta (10)

Por Redação

Para garantir o retorno imediato do funcionamento do Trackcare, sistema unificado de informação da rede pública, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal ajustou, nesta quarta-feira (10), as bases do novo acordo comercial com a empresa InterSystems, fabricante do programa.

Na segunda-feira (8), o Trackcare tornou-se inoperante em todas as unidades de saúde, o que impossibilitou o acesso a mais de 2 milhões de prontuários. A retomada do diálogo com a empresa prevê a retomada da manutenção do sistema e a regularização da situação ainda hoje.

Segundo o secretário adjunto de Gestão em Saúde, Ismael Alexandrino, o acordo será formalizado em contrato em até 20 dias. “O ajuste firmado hoje prevê, entre outras coisas, a integração do sistema com o banco de dados e foi fechado no valor de R$ 4,9 milhões”, explica.

O último contrato de manutenção entre a pasta e o fabricante teve o prazo expirado em fevereiro deste ano. A partir de então, a gestão do sistema passou a ser feita por equipe técnica da Coordenação Especial de Tecnologia da Informação, da secretaria.

Nesse período, segundo Alexandrino, o governo tentou negociar um novo acordo. “Mas por duas vezes a InterSystems cobrou valores que não condizem com a prestação do serviço demandado”, destaca.

Na primeira vez, conforme o secretário adjunto, foi solicitada a quantia de R$ 30 milhões, que incluía a cobrança de dívidas antigas, feitas em governos anteriores. Na segunda proposta, ainda alta, a empresa pediu R$ 7,9 milhões.

O sistema passará por avaliação de peritos internos e externos para investigar os motivos que levaram à falta de funcionamento do Trackcare. “Vale ressaltar que todos os dados dos prontuários dos usuários estão preservados em nosso banco e nada foi perdido”, ressalta o dirigente.

Alexandrino informou que, durante o período de falha, as cirurgias foram feitas normalmente, e todas as consultas serão remarcadas sem afetar a ordem da fila de espera.

O Trackcare permite, entre outras coisas, que todas as informações de prontuário do paciente sejam inseridas ali e possam ser acessadas por qualquer profissional nas unidades de saúde informatizadas da rede.

Da Redação com informações da Ag. Brasília/SES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here