Sindmédico-DF apoia Projeto de Lei 393 que torna obrigatório divulgação da lista de cirurgias eletivas do SUS

Por Delmo Menezes

O Projeto de Lei nº 393/2015, de autoria do senador Reguffe (Sem partido), que dispõe   sobre a obrigatoriedade de publicação na internet, com atualização semanal, da lista de espera dos pacientes que serão submetidos a cirurgias médicas eletivas realizadas com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), tem o apoio do SindMédico-DF.

Dr. Gutemberg Fialho, presidente do SindMédico do DF. Foto: Agenda Capital

De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal, Gutemberg Fialho, a iniciativa do senador Reguffe em buscar dar maior transparência aos serviços públicos de saúde, por meio do Projeto de Lei 393/2015, permitirá um maior controle por parte dos órgãos de fiscalização e do próprio SUS.

Para Gutemberg, “quanto maior a transparência das informações na saúde pública, maior o poder de controle social para cobrar dos gestores competência, eficiência e eficácia tanto na prestação dos serviços essenciais quanto na aplicação dos recursos públicos destinados a esses fins”, afirma o sindicalista.

Leia também:

Aprovado Projeto do senador Reguffe que torna obrigatório publicação na internet de cirurgias eletivas

Para o senador Reguffe, hoje, agentes políticos e autoridades públicas usam de suas influências para furarem essas filas e realizarem favores políticos e/ou partidários. “Uma verdadeira vergonha, algo que não é justo nem correto. Se alguém perguntar quantas pessoas estão esperando uma cirurgia de vesícula no DF, por exemplo, ninguém sabe”, disse o parlamentar do DF.

O projeto segue direto para a Câmara dos Deputados.

Da Redação do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here