Presidente do Estados Unidos, Donald Trump.

Por Redação

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos EUA, Donald Trump, recusou-se na quarta-feira a se comprometer com uma transferência pacífica do poder se perder a eleição de 3 de novembro para o rival democrata Joe Biden.

“Teremos que ver o que acontece”, disse Trump, um republicano, a repórteres na Casa Branca, quando questionado se ele se comprometeria com uma transferência pacífica.

O presidente tem procurado repetidamente lançar dúvidas, preventivamente, sobre a legitimidade da eleição por causa de suas preocupações com a votação por correspondência, que os democratas encorajaram durante a pandemia.

“As cédulas são um desastre”, disse Trump.

Com informações da Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here