Vídeo: Crivella se irrita e dispara acusações contra a Globo durante entrevista

Foto: Reprodução

Prefeito do Rio de Janeiro não gostou de ouvir da repórter Larissa Schmidt da TV Globo que a cidade está parada, e segundo ele, a emissora faz chantagem com a Prefeitura.

Por Redação

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, perdeu a paciência com uma repórter da Globo durante uma entrevista coletiva. Ao ser criticado e questionado sobre as chuvas, Crivella não poupou a emissora e chegou a citar o presidente Jair Bolsonaro.

O embate iniciou quando a repórter disse ao prefeito que a cidade está parada. Irritado, Crivella chegou a ensaiar se retirar do local, mas voltou para confrontar a profissional de imprensa

É impressionante como a Rede Globo faz campanha contra o Rio, não a mim, mas à cidade do Rio de Janeiro. É por isso que o presidente Bolsonaro não dá mais entrevista para vocês e vários outros políticos também pensam assim. A cidade não está parada, está se movimentando”, afirmou o prefeito.

De acordo com Crivella, a Globo é a televisão que anuncia, o tempo todo, os problemas do Rio, que faz drama sobre coisas corriqueiras que acontecem nas nossas vidas desde que eu nasci aqui – Neste momento, a repórter aproveitou para insinuar que o prefeito havia considerado a última chuva, que matou 10 pessoas na capital, um “drama corriqueiro”. Crivella então deu às costas para a repórter e disse que não falaria mais com ela.

– Eu não quero falar com vocês, dá licença. É um direito que eu tenho – afirmou, afastando a repórter, que desistiu de ouvir o prefeito.

Já na conversa com os outros jornalistas presentes, Crivella observou que a cidade do Rio possui características naturais que facilitam o grande acúmulo de água após fortes chuvas. Ele lamentou a tragédia desta semana e voltou a atacar a Globo. Segundo ele, a emissora faz chantagem com a Prefeitura.

Lamentamos profundamente nossas tragédias, mas é preciso aprender com elas. E não fazer campanha política, não fazer exploração. O que a Globo quer é dinheiro em sua propaganda. O que ela quer é que a gente faça uma festa no carnaval e ela possa vender R$240 milhões com a prefeitura pagando. E isso é chantagem. Seguramente não vão colocar isso no ar”, disse o prefeito.

Com a insistência da repórter no tema, o prefeito disparou: “É por isso que o presidente Bolsonaro já não dá mais entrevistas para vocês. E vários políticos pensam assim”. “Nós estamos reproduzindo o que as pessoas estão encaminhando prá gente”, retrucou a jornalista.

Assista ao vídeo: (Pleno News)

Nota da Rede Globo

Em nota, a Globo repudiou a atitude do prefeito contra a repórter Larissa Schmidt e as demais declarações de que tenha efeito drama com temas corriqueiros e chantagem com a transmissão do Carnaval.

Da Redação do Agenda Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here