Presidente americano Donald Trump (Doug Mills/The New York Times)

Por Redação*

Nos EUA, historicamente uma guerra tende a impulsionar a popularidade do presidente e aumentar a probabilidade de reeleição. Durante a Guerra de Secessão (1861-1865), Abraham Lincoln foi reeleito presidente em 1864.

Após a Guerra Hispano Americana (1898), o presidente William McKinley ganhou a reeleição em 1900. Durante a 1.ª Guerra Mundial (1914-1918), Woodrow Wilson foi reeleito em 1916 e durante a 2.ª Guerra (1939-1945), Franklin Roosevelt foi reeleito mais duas vezes (1940 e 1944) e antes ele já havia sido eleito e reeleito (1932 e 1936) durante a Grande Depressão.

Após o início da Guerra do Vietnã (1964), Lyndon Johnson foi reeleito naquele mesmo ano. Richard Nixon foi reeleito em 1972, antes do término desse mesmo conflito bélico. Durante a Guerra Irã-Iraque (1980-1988), Ronald Reagan foi reeleito em 1984.

A única exceção foi George H. W. Bush, que perdeu a reeleição, em 1992, após a Guerra do Golfo (1990-1991), por aumentar impostos na recessão econômica. Seu filho George W. Bush foi reeleito em 2004, durante a Guerra ao Terror, após o ataque de 11 de setembro. Agora, em 2020, Donald Trump responderá aos ataques do Irã e isso poderá aumentar suas chances de reeleição em novembro.

*Com informações do UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here