Pesquisa Opinião OP: Eliana (19,1%), Fraga (13,2%), Rollemberg (12,1%) e Rosso (10,1%)

Foto: Reprodução

Candidata do Pros assume a dianteira na pesquisa encomendada pelo Correio ao Instituto Opinião Política. Alberto Fraga, Rodrigo Rollemberg e Rogério Rosso estão empatados tecnicamente

Por Redação

A candidata Eliana Pedrosa (Pros) lidera a disputa pelo Palácio do Buriti. Se a eleição fosse hoje, a ex-deputada distrital teria 19,1% dos votos. Ela também venceria seus principais concorrentes no segundo turno. Em segundo lugar, aparece o deputado Alberto Fraga (DEM), com 13,2% das menções dos eleitores, seguido pelo governador e candidato à reeleição, Rodrigo Rollemberg (PSB), que tem 12,1% das intenções de voto. Os dados fazem parte de uma pesquisa encomendada pelo Correio Braziliense e realizada pelo Instituto Opinião Política.

Na primeira pesquisa, divulgada pelo Correio em 16 de agosto, Fraga estava na quarta colocação. De lá para cá, o candidato do DEM apareceu em vídeo ao lado do ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR) e passou a defender abertamente a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), apesar de o PSDB de Geraldo Alckmin integrar a coligação que Fraga lidera no DF. Bolsonaro está na frente na capital do país e teve um crescimento significativo desde a última pesquisa.

O quarto colocado na sondagem é o deputado federal licenciado Rogério Rosso, do PSD, com 10,1% das intenções de voto. Na sequência está o candidato do MDB e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF), Ibaneis Rocha, citado por 7,0% dos eleitores consultados pelo instituto de pesquisa. Em sexto lugar no levantamento aparece o representante do Novo na disputa pelo Governo do Distrito Federal, Alexandre Guerra. O empresário é o escolhido de 3,0% do eleitorado.

O economista Júlio Miragaya, do PT, também tem 3,0% das intenções de voto, de acordo com o levantamento do Instituto Opinião Política. A professora Fátima Sousa, ex-diretora da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília (UnB) e representante do PSol na disputa, aparece na sequência, com 2,9% das menções do eleitorado.

O general de brigada do Exército Paulo Chagas, que está na reserva, tem 2,5% das intenções de voto. O candidato do PCO, Renan Rosa, é o penúltimo colocado, com 0,8% das citações dos eleitores consultados. Na última segunda-feira, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) suspendeu o registro do partido, mas Rosa ainda era oficialmente candidato quando a pesquisa foi realizada.

Antônio Guillen, do PSTU, é o último colocado na pesquisa de intenção de votos, com 0,2% das menções dos entrevistados. Ao todo, 7,1% dos eleitores não souberam avaliar em quem votariam. O número de votos brancos e nulos somou 19,1%.

Evolução

Essa é a segunda rodada da pesquisa encomenda pelo Correio ao Instituto Opinião Política. O último levantamento havia sido concluído em 15 de agosto e divulgado no dia seguinte, quando começou oficialmente a campanha eleitoral. No último dia 31, os partidos começaram a veicular a propaganda no rádio e na televisão e, desde então, os políticos na briga pelo mandato de governador participaram de debates, como o realizado pelo Correio, em 28 de agosto. Os candidatos também têm percorrido as cidades do Distrito Federal em caminhadas, carreatas, visitas a feiras e reuniões com categorias profissionais e representantes do setor produtivo.

Com a exposição dos postulantes ao governo nas ruas e nos meios de comunicação, os eleitores começaram a se posicionar a respeito da eleição. O número de pessoas que não sabiam em quem votar caiu de 12,8% para 7,1% entre as duas pesquisas. O total de entrevistados que manifestaram a intenção de votar nulo ou em branco passou de 32,9% para 19,1%.

O início e a aceleração do ritmo de campanha levaram à subida das intenções de voto da maioria dos candidatos. Os quatro primeiros candidatos apareceram em empate técnico na pesquisa de agosto. A nova líder, Eliana Pedrosa, tinha 12,1% no mês passado e, desde então, as menções a seu nome pelos eleitores subiram sete pontos percentuais. Alberto Fraga também cresceu, de acordo com os levantamentos, de 8,4% para 13,2%. Ele estava em quarto e, agora, aparece em segundo lugar. A intenção de votos do governador Rodrigo Rollemberg ficou estável entre as duas pesquisas — ele tinha 12,3% das menções em agosto e, agora, aparece com 12,1%.

O deputado federal licenciado Rogério Rosso registrou crescimento entre as sondagens. Antes do início da campanha, o parlamentar aparecia com 8,5% das intenções de voto e, em setembro, teve 10,1%. Depois de Eliana Pedrosa, o candidato com aumento mais expressivo das menções foi o representante do MDB na disputa pelo governo, Ibaneis Rocha. As intenções de voto do advogado subiram de 1,4% para 7,0%. Todos os outros candidatos ficaram com a votação praticamente estável, com variações inferiores a um ponto percentual.

Pesquisa espontânea

Eliana Pedrosa também lidera na pesquisa espontânea — em que os entrevistados mencionam nomes voluntariamente. A ex-deputada distrital lidera com 9,2% das intenções de voto, acompanhada de perto por Alberto Fraga, com 8,8% das menções. Nesse levantamento, Rollemberg teve 8,6% dos votos, seguido por Rogério Rosso, com 4,5%, e Ibaneis Rocha, que teve 3,6% das intenções de voto. Fátima Sousa aparece com 1,2% na pesquisa espontânea e Alexandre Guerra, com 1,1%. Júlio Miragaya foi citado por 0,9% dos entrevistados.

Da Redação com informações do Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here