Dr. Cid Carvalhaes

Por Dr. Cid Carvalhaes 

Somos brindados com 10 números, 07 notas musicais, 23 ou 25 letras no nosso alfabeto. Absoluta simplicidade, elementar, diria o grande Sherlock Holmes.

Para nos atermos nesses parâmetros, 10 números permitem combinações infinitas, expressam dados aritméticos das 04 operações básicas até as mais complexas, passando pela álgebra, emoldurando-se nos termos da mais elaborada  matemática, por alguns denominada de matemática filosófica.

Música clássica, renascentista, de câmera, gregoriana, popular, rock and roll, punk, sertaneja, eletrônica e muitas outras, expressam as mais diversas melodias, harmonias e ritmos. Letras isoladas, esparsas, sem significação específica. A é A e nada mais, assim, são todas. Harmonizadas compõem palavras, estas  frases, por sua vez, períodos e juntos constroem fundamentos das histórias, expressões técnicas, literatura, informações, ensinamentos.

Números, notas musicais, letras, isoladas pouco significam. Unidas, harmonizadas, definidas construíram e constroem o mundo  em todas as eras, em todas civilizações. Diferenças convergentes, encantos competentes. Por analogia, é possível considerar pessoas e grupos. Isolados somos frágeis, fracos, vulneráveis. Congregados podemos ser indestrutíveis.

Sentimentos de compreensão, tolerância, afetividade, respeito, carinho, afeto, amor, são molas propulsoras dos entendimentos. Individualidades albergam histórias, contextos, quando convergentes edificam fundamentos. Reverenciando individualidades deveremos construir civilizações.

Está é a essência da vida, juntos, deixaremos legados. Vamos fazê-lo!

*Dr. Cid Célio Jayme Carvalhaes – Médico neurocirurgião e advogado. Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Presidente do Conselho Deliberativo da SBN, Presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo e Presidente da Federação Nacional dos Médicos. Especialista no Direito Médico e da Saúde e Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Direito da Escola Paulista de Direito. É Colunista do Agenda Capital.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here