Desembargador do TJDFT reage a assalto e fere criminoso no Lago Sul

O caso ocorreu por volta das 13h desta segunda (23) na QL 4. Um carro levado de outro morador da quadra foi achado na Asa Sul

Por Redação

Um criminoso foi baleado durante um assalto no Conjunto J da QL 4 do Lago Sul na tarde desta segunda-feira (23/7). O desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) Pedro Aurélio Rosa de Farias, 72 anos, reagiu ao roubo e deu um tiro em um dos suspeitos. A vítima também ficou ferida.

“Estava chegando para o almoço quando fui surpreendido por três assaltantes. Um deles desceu armado e os outros dois ficaram no carro”, disse o desembargador ao Metrópoles. De acordo com Pedro Aurélio, os bandidos desceram gritando e perguntaram onde estava o cofre.

O desembargador foi levado para dentro da casa. “Me prenderam no banheiro junto com a secretária. Roubaram relógios e correntes”, afirmou. Quando Pedro Aurélio viu que os bandidos estavam fugindo, subiu no quarto, pegou a arma e disparou seis vezes contra os assaltantes. Um deles foi atingido. Mas acabou escapando.

O magistrado também teve o nariz quebrado, após ser agredido pelos bandidos. Pedro Aurélio levou um tiro de raspão no braço na troca de tiros com os suspeitos. “Se eu não tivesse arma em casa, eu não sei o que faria. Estavam muito violentos”, disse o magistrado aposentado.

A esposa do desembargador encontrava-se dentro da residência da família no momento do assalto. Ela disse que, quando olhou pela janela, viu que o jardineiro tinha sido rendido.

“Entraram, me pegaram e me bateram. Puxaram meu relógio e perguntavam sobre joias e dinheiro. Ameaçavam me matar a todo momento. Apanhei muito de coronhada, mas graças a Deus deu tudo ceto”, disse Graça Farias, 67. Segundo ela, os assaltantes estavam bem vestidos. Eles portavam revólveres calibre 38.

Da Redação com informações do Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here