Bar é suspeito de ter roubado energia elétrica na Asa Sul, em Brasília — Foto: TV Globo/Reprodução

Flagra foi feito pela Neoenergia, que denunciou caso à Polícia Civil. Estabelecimento diz não ter ciência da situação e que medidas legais já estão sendo tomadas.

Por Redação – G1/DF

Um bar na Asa Sul, em Brasília, foi flagrado furtando energia elétrica equivalente ao consumo mensal de aproximadamente 1,4 mil casas. O “gato” foi descoberto durante uma operação de fiscalização da Neoenergia, nesta quarta-feira (27).

De acordo com a empresa de distribuição de energia elétrica no DF, a energia consumida ilegalmente pelo bar Responsa, na 202 Sul, será cobrada por meio de um processo administrativo. A companhia afirma que registrou uma denúncia na Polícia Civil, para que o estabelecimento responda em âmbito criminal.

À reportagem da TV Globo, o bar Responsa afirma que recebeu “com surpresa” o resultado da fiscalização, diz que não tinha ciência da situação, e que as medidas legais serão tomadas.

“Na nossa gestão, não houve modificação ou alteração no quadro de energia, o que será devidamente tratado perante a autoridade competente”, declarou o estabelecimento, em nota.

O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul, como furto de cabos de transmissão de dados, telefônica e energia. De acordo com a Polícia Civil, não foi realizada uma perícia no local, já que a Neoenergia já realizou os reparos na rede de energia.

Operação Happy Hour

Desde julho, a Neoenergia realiza a operação Happy Hour, com objetivo de fiscalizar bares e restaurantes do Distrito Federal. Segundo a empresa, outros estabelecimentos são investigados e novas fiscalizações serão realizadas na capital.

Os alvos foram mapeados por meio de uma análise do centro de inteligência da Neoenergia e de fiscalização em campo. O furto de energia é previsto no Código Penal e é passível de pena de até a oito anos de reclusão.

A distribuidora destaca que o furto de energia “prejudica o fornecimento de energia, podendo causar graves problemas para a rede elétrica e ocasionar a interrupção do abastecimento”. Denúncias de “gatos” podem ser feitas, de forma anônima, pelo número 116 ou pelo site da Neoenergia.

Siga o Agenda Capital no Instagram>https://www.instagram.com/agendacapitaloficial/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here