O Mané Garrincha é a segunda casa do Flamengo. A torcida do Mengão é um show a parte. Foto: Agenda Capital

Para acompanhar o jogo, bastará ao torcedor apresentar um comprovante de exame PCR negativo ou de vacinação completa contra a Covid-19

Por Redação

Em meio a polêmicas, o GDF decidiu atender pedido formal do Flamengo e alterar o decreto que permite o retorno de público a eventos esportivos em Brasília. Com a mudança, bastará ao torcedor apresentar exame PCR negativo ou comprovante de duas doses da vacina contra a Covid-19 para que possa acompanhar, presencialmente, a partida entre o time carioca contra o Defensa y Justicia, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, no Mané Garrincha, na quarta-feira (21/7).

O decreto inicial determinava que pessoas apresentassem o comprovante de vacinação com as duas doses ou a dose única do imunizante e o teste PCR negativo, realizado com 48 horas de antecedência. O documento diferia do Protocolo de Segurança da própria Conmebol, que prevê que os ingressos sejam comercializados para torcedores que estejam vacinados ou apresentem o exame PCR devidamente negativado.

De acordo com os protocolos sanitários divulgados pelo Governo do Distrito Federal na quinta-feira, o Mané Garrincha poderá contar com 25% da capacidade do estádio, o que representa cerca de 15 mil pessoas.

Pedido

O Flamengo fez uma solicitação formal ao Governo do Distrito Federal pedindo a alteração do decreto, como confirmou a reportagem o secretário Gustavo Rocha, chefe da Casa Civil.

Flamengo e Defensa Y Justicia se enfrentam na quarta-feira às 21h30. O time carioca venceu o jogo de ida na Argentina por 1 x 0 e pode até empatar que garante a vaga nas quartas de final da competição continental.

Com Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here